segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Workshop Music Gospel: Raiz Coral




Workshop Music Gospel: Raiz Coral

Em março de 2000, Sergio Saas e "Scooby", amigos de infância se juntam para realizar um sonho; formar um coral afro-brasileiro, com um propósito evangelístico através da música. Duas semanas depois, 40 pessoas divididas em três naipes - contraltos, tenores e sopranos; estavam freqüentando os ensaios do Coral que mais tarde passou a denominar-se de "Raiz Coral".


Em 2010 o grupo gravou seu maior trabalho, CD Vencedor que traz sucessos como Lugar Secreto, Vencedor, O Cordeiro com Participação de Mattos Nascimento e Perfume. Nomes renomados já passaram pelo grupo, tais como Ton Carfi, Karina Carfi, Sccoby, Riverson Vianna e entre outros.



O Grupo foi reduzido em quase 15 pessoas e a qualidade vocal é tão boa quanto a anterior. No dia 15 de dezembro de 2010 o grupo Raiz Coral venceu junto com o Cantor Igor Martins a 3ª Temporada do Programa Qual é o Seu Talento? do SBT levando para casa o premio de 200 mil reais.


 

Take 6

  
Em agosto de 2012, o grupo vocal Take 6, famoso nos anos 80 e 90, se apresentou no Skyline Hall,  Alphaville, na cidade de Santana de Parnaíba\SP (Brasil).


No Programa do Jô o grupo comentou que antes de entrar no palco sempre fazem uma oração. “Costumamos orar, acreditamos que Deus juntou este grupo”, contou o fundador do grupo. Durante a entrevista, o grupo deu palinhas de Take“I´m On My Way”, “Mary Don´t You Weep”, “What´s Going On” e “Sweet Georgia Brown”.



Take 6 é um grupo musical norte-americano, um dos principais grupos de "música a cappella" do mundo, mesclando gospel, soul, r&b e jazz. Foi premiado com 10 Grammys desde 1988.

O grupo Take 6 foi formado por Claude McKnight, irmão de Brian McKnight, no banheiro da Universidade Adventista de Oakwood. O grupo estava no cômodo da faculdade onde estudavam, ensaiando para a primeira apresentação que fariam naquela noite. Mark Kibble, estudante de um colégio próximo à universidade, estava passando por perto quando ouviu a voz do amigo Claude cantando e entrou no banheiro para conhecer o grupo e a canção. Desde então ele se tornou o quinto integrante e naquela noite começava a história do grupo Take 6. Mais tarde, Mark convidou Mervyn Warren para ser o sexto integrante do grupo.



Inicialmente o grupo conseguiu reconhecimento e apoio ao redor da faculdade, mas dentro da mesma só conseguiram hostilidade dos alunos e funcionários por causa do estilo musical que cantavam, gospel jazz. Desde o início do século 19, as igrejas americanas eram hostis em relação ao jazz porque esse estilo era cantando em clubes noturnos. Então, o pensamento protestante da época era: ou cantava na igreja ou cantava em clubes de jazz.



Oakwood é uma universidade Adventista do Sétimo Dia.

Em 1991, Mervyn Warren deixou o grupo para investir na carreira de produtor e Joey Kibble, irmão de Mark Kibble, foi convidado a ocupar a vaga deixada por Marvin.



Em 2005, o grupo lançou seu próprio selo: Take 6 Records. Grupos como Boyz II Men e Coming of Age citam Take 6 como sua maior influência.

Integrantes Claude V. McKnight III, primeiro tenor; Mark Kibble, primeiro tenor; Cedric Dent, barítono; Mervyn Warren, segundo tenor, substituído em 1991 por Joey Kibble; Alvin Chea, baixo; David Thomas, segundo tenor; Khristian Dentley, barítono que substitui Cedric Dent em alguns shows; Roger Ryan, barítono que substituiu Cedric Dent nos shows de 2006.



Discografia Take 6 (1988) So Much 2 Say (1990) He's Christmas (1991) Join The Band (1994) Best of Take 6 (1995) Brothers (1996) So Cool (1998) We Wish You a Merry Christmas (1999) Greatest Hits (1999) Best of Take 6 (2000) Live (2002) Beautiful World (2002) 12 Feels Good (2006) The Standard (2008) The Most Wonderful Time Of The Year (2010) One (2012)



Prêmios: 16 Billboards 10 Grammy Awards 10 Dove Awards 1 Soul Train Award

FONTE

http://pt.wikipedia.org/wiki/Take_6

http://www.guiadasemana.com.br/evento/shows/take-6-skyline-hall-04-08-2012

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Paulo Cesar Baruk


O nome Paulo César Baruk evoca distintas e inúmeras qualidades, todas estas advindas da unção do Espírito Santo e da vontade terna do Pai em fazer ser visto neste seu servo, sinais do Reino do Filho do Amor. Com um ministério apaixonado, Baruk conquista cada vez mais admiradores. São pessoas que se identificam com a alegria que reside no coração deste adorador e também se impressionam com sua inegável musicalidade. Seus trabalhos, seja em seus próprios CDs, seja em participações nos discos de outros artistas, como músico, cantor, produtor ou arranjador, destacam sua competência, que resulta em extrema devoção ao Senhor.


Baruk começou na música ainda adolescente, integrando corais, bandas e orquestras como instrumentista. Aos dezoito anos já gravava em estúdio fazendo backing vocal em vários CDs evangélicos e seculares.


Com bastante carisma, uma bela voz e muita sensibilidade, Baruk caminhou naturalmente para uma carreira solo. Versatilidade, poesia, interpretações mergulhadas em sentimento, baladas inspiradoras e som contagiante. Estes são alguns dos ingredientes contidos nos trabalhos musicais realizados no decorrer da carreira deste expoente da música gospel brasileira. Suas canções falam de um Deus amoroso, que se preocupa com cada um de nós individualmente. Soul, funk, rock e RB, são os ritmos usados por Baruk para louvar o Senhor. Baruk sabe usar, com total liberdade e domínio, cada um deles, aplicando muito bem todas as técnicas referentes a esses tipos de música.


Paulo César Baruk é um cantor, compositor e produtor musical evangélico. Iniciou sua carreira em sua adolescência fazendo backing vocais, tocando instrumentos. Em sua carreira musical, gravou mais de cinco álbuns, e também foi indicado ao Grammy Latino em 2010 com o álbum Multiforme, além de ser indicado no Troféu Promessas em diversas categorias.


Baruk começou na música ainda adolescente, integrando corais, bandas e orquestras como instrumentista. Aos dezoito anos já gravava em estúdio fazendo backing vocal em vários CDs evangélicos e seculares. Em sua diversidade musical, Baruk utiliza o Soul, Funk, Rock e R&B, aplicando-os de forma adequada com as técnicas referentes a cada um desses estilos musicais.


Em 2012, foi novamente indicado ao Grammy Latino com o álbum Eletro Acústico 3, lançado em 2011.

FONTE

https://pt.wikipedia.org/wiki/Paulo_C%C3%A9sar_Baruk

http://www.baruk.com.br/

sábado, 28 de julho de 2012

Bekah Costa


Bekah Costa, nome artístico de Rebecca Garcia Costa (Brasília, 16 de outubro de 1999) é uma cantora brasileira de música cristã contemporânea, de vertentes pop.

Bekah Costa vem sendo alvo de diversos elogios nas redes sociais, tais como twitter e facebook, desde sua participação no programa Raul Gil.


Bekah Costa cantou a música "Quando Eu Chorar" conhecida na voz da cantora Bruna karla. Com a sua interpretação deixou a plateia e a maioria nos jurados emocionados e arrancou lágrimas da Simoni.

Fazendo pequenas pesquisas pela a internet, podemos conferir várias interpretações da cantora mirim, como "Rolling in The Deep" com mais de 14 mil acessos e "Someone Like You" com mais de 31 mil acessos. Ambas canções da cantora britânica Adele. Quem posta vídeos no youtube sabe o quanto é difícil ter um vídeo com essa quantidade de acessos. 




Bekah Costa cantou também “Deus da minha vida”, música que faz parte do CD Na Sala do Trono, de Thalles Roberto.


Testemunho



FONTE


http://www.bekahcosta.com.br

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Rayssa e Ravel


Rayssa e Ravel é um nome artístico de Claudia e Francilano, umas das duplas de grande sucesso na música cristã contemporânea do Brasil.


Os dois irmãos iniciaram a carreira na cidade de São Paulo no início dos anos 90, onde conheceram a cantora Roberta Miranda, que, inclusive, deu nome à dupla. No meio secular, não só cantavam, como compunham, tendo algumas de suas músicas gravadas por Gian & Giovani e As Paquitas. A partir de 1994, a dupla passou a dedicar-se exclusivamente ao sertanejo gospel.


A dupla já foi indicada ao Troféu Talento e ao longo de sua carreira, já recebeu 5 discos de ouros (Além do nosso olhar, Apaixonando você, Mais que vencedores, Como você nunca viu e Apaixonando você outra vez) pela ABPD.


Esta dupla de cantores evangélicos vem alcançando cada vez mais notoriedade no meio. Eles são irmãos, cantam desde bem jovens, e se uniram para louvar ao Senhor com sua música. Tanto Rayssa como Ravel experimentaram a carreira solo, mas foi como dupla que chegaram a ser conhecidos por todo o Brasil.

O ministério Rayssa e Ravel nasceu no inicio dos anos 90 quando, através de canções como Nascer de Novo, muitas vidas foram transformadas e edificadas pelo poder da Palavra de Deus, cantada por esses dois irmãos. O chamado de Deus veio cedo. “Deus sempre renovava suas promessas. Desde o ventre, o Senhor já falava com nossos pais que um dia levaríamos o evangelho de Jesus Cristo”, afirma a dupla.


A emoção, unção e sentimentos transmitidos em suas canções são universais e mexem com o coração do santo Israel de Deus espalhado pela face da terra. Até mesmo os não evangélicos e não seguidores da palavra de Deus se emocionam quando escutam os louvores, que saem dos lábios desses dois adoradores.

Seja onde for – congressos, casas de espetáculos, festas missionárias – a recepção é sempre a mesma. E todos cantam suas canções de cor. Sua músicas falam do imenso amor de Deus, do cuidado que ele tem para com seus filhos, de como precisamos crer nEle para alcançarmos a vitória. O ministério da dupla mostra que santidade não é coisa do passado, sem a qual ninguém verá a Deus


FONTE

https://pt.wikipedia.org/wiki/Rayssa_e_Ravel

https://artistas.gospelprime.com.br/rayssa-e-ravel/

domingo, 8 de julho de 2012

Cissy Houston


Cissy Houston, nascida Emily Drinkard (Newark, 30 de setembro de 1933) é uma cantora de soul e música gospel norte-americana. É mãe da cantora Whitney Houston e tia das cantoras Dee Dee Warwick e Dionne Warwick.



Discografia Álbum 1970: Presenting Cissy Houston (Major Minor) 1976: Surprises (Atlantic, com Herbie Mann) 1977: Cissy Houston (Private Stock) 1978: Think It Over (Private Stock).



1979: Warning Danger (Columbia) 1980: Step Aside for a Lady (Columbia) 1992: I'll Take Good Care of You (Shanachie, com Chuck Jackson) 1996: Face to Face (House of Blues) 1997: He Leadeth Me (House of Blues)



Compilações 1995: Midnight Train to Georgia: The Janus Years (Ichiban).



Em entrevista que foi ao ar no dia 02/04/12 pelo canal de notícias de Nova Jersey, a mãe de Whitney Houston diz ser uma “verdadeira crente em Deus” e reafirma “Ela era muito especial para mim”

Após quase dois meses de um luto silencioso, Cissy Houston, mãe de Whitney Houston, finalmente resolveu falar sobre a morte da filha. A primeira entrevista foi para uma emissora de televisão de Nova Jersey.



Cissy teve uma conversa mais íntima com o canal de notícias de Nova Jersey, na New Hope Baptist Church, em Newark, New Jersey, onde foi realizada a cerimônia em homenagem à cantora. “Eu tenho meus momentos”, disse Cissy, ao falar sobre seu longo caminho para a recuperação emocional. “Eu não estou lá ainda. Eu não acho que sou mais corajosa do que ninguém. Eu sou uma verdadeira crente em Deus. Se eu pudesse trazê-la de volta, eu faria, mas isso não é possível”, disse. Apesar da batalha extensa de Whitney contra as drogas, Cissy disse que ela não pode se crucificar pelos vícios de sua filha.



“Eu sei que fiz o melhor que pude. Eu não me culpo. Eu sei que fiz o melhor que pude por ela. Meus filhos são a minha vida inteira. Ela era muito especial para mim”, contou. A entrevista completa vai ao ar na próxima segunda-feira (2) no canal de notícias My9 às 10h. Veja chamada da entrevista:



Cissy Houston, mãe da cantora Whitney Houston, escreverá um livro sobre a vida da filha, que morreu em fevereiro, aos 48 anos, informou a imprensa norte-americana. Cissy chegou a um acordo com a editora HarperCollins para escrever memórias que revelarão "a história íntegra e incrível" de sua filha, com lançamento previsto para fevereiro do ano que vem. "Quando perdi minha filha Nippy (apelido de infância de Whitney), o mundo perdeu uma das vozes mais bonitas e uma mulher preciosa e caridosa", disse Cissy Houston em comunicado.

"Ao compartilhar nossa história neste livro, espero dar aos fãs algo para amarem Whitney como nós a amávamos. Ainda recebemos centenas de cartas de seus admiradores a cada dia, e espero que as pessoas obtenham um conhecimento profundo de sua verdadeira história quando lerem o livro", acrescentou. Uma parte da renda obtida com o livro será doada à igreja batista New Hope, em Newark (Nova Jersey, EUA), onde Whitney cantava quando jovem e onde foi realizado seu funeral.

Segundo a editora, Cissy Huston escreverá "com pureza, honestidade e respeito" sobre a carreira de Whitney, seus problemas com as drogas e seu casamento com Bobby Brown, além de contar suas sensações após a perda da filha. "Cissy irá além das manchetes para mostrar o lado verdadeiro e humano deste forte, mas atormentado, ídolo da musica", explicou a entidade.  Cantora gospel, Cissy Houston lançou recentemente um novo álbum, seu primeiro trabalho musical em mais de uma década.



Em 1998, escreveu um livro memórias chamado How Sweet the Sound. Em 17 de agosto estreia nos cinemas americanos Sparkle, último filme com a atuação de Whitney Houston.  



Fonte

http://pt.wikipedia.org/wiki/Cissy_Houston odiario virgula

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Sara Groves


Sara Groves nasceu no dia 10 de setembro de 1972, em Vineland, Nova Jersey , cresceu em Springfield, Missouri , reside em Burnsville, Minnesota é uma cantora contemporânea, produtora musical e compositora.



Sara recebeu seu Bacharel em Ciência da licenciatura em História e Inglês, em 1994, a partir de Evangel University , uma empresa privada Christian University, em Springfield, Missouri .

Sara passou quatro anos ensinando o ensino médio em Rosemount, Minnesota antes de gravar seu primeiro álbum, Passado dos Desejos, em 1998. Desde então, ela lançou nove álbuns e apareceu em vários outros.



Sara foi indicada para três Dove Awards , incluindo "Artista Revelação do Ano" em 2002 e "Álbum do Evento Especial do Ano 2003" pela Gospel Music Association . Ela foi nomeada uma das melhores artistas de música cristã de 2005 e do álbum foi nomeado "Álbum do Ano" em 2005 pela Revista CCM.

Sara Groves começou a compor canções quando tinha quatro anos de idade. Ela descreve sua juventude como "solitária", e ela escreveu sobre questões profundas, enquanto ainda na escola secundária. Eventualmente, ela fez um curso de composição, solicitado por seu marido, e começou a levar a arte a sério.



Em 2001, ela apareceu na Palavra de Entretenimento com a música "Gerações", e também no New Music Entertainment Palavra do nosso coração para o álbum Yours.



Em 2002, cantou ao lado de Randy Stonehill na música "Take Me Back", realizada com Joel Hanson sobre a canção-título do álbum Viajando Luz: Canções do Salmo 23, e cantou a música "Child of Love" para o álbum Cidade na Colina: É Tempo de Natal.

Em 2003, ela apareceu na Cidade na Colina: The Gathering álbum com a canção "Come Be Who You Are", e Cidade do ano seguinte seqüência em um monte: O álbum Collection, com a canção "Jesus foi para o jardim".

Groves foi reconhecida pelo Conselho de Ex-Alunos do Evangel University em 2004, por suas realizações significativas nos anos desde a formatura.



Em setembro de 2005, Sara, seu marido Troy, o pai-de-lei, um vizinho e um médico entregou um ônibus de turismo e de reboque de cargas às vítimas do furacão Katrina em Slidell, Louisiana . (Rettig, Mary (2005/09/05), Groves Cantor Sara Coloca Bus Tour em serviço de sobreviventes do Katrina ; Moring, Mark (2005/10/31).

Sara foi escolhida como tema de um filme lançado em agosto de 2006, intitulado Sara Groves - só apareceu pela minha própria vida, a primeira parte de uma série nova realidade filme chamado Nomad: The Show With No Início produzido pela Filmes sem medo Inc. Incluídos neste filme foram filmadas o socorro Katrina por Groves em 2005 e uma viagem subseqüente ao Ruanda, África com o pastor Rick Warren e um grupo de Saddleback Church de aprender sobre os desafios da reconciliação e do desenvolvimento econômico de 11 anos após a massa genocídio de Ruanda . Bônus incluído set ao vivo de Sara dos 2006 Jars of Clay de turismo, vinhetas Nomad para grupos pequenos e muito mais.


Sara deu à luz seu terceiro filho, uma menina, em 13 de julho de 2007 e chamou de Ruby Cate. Sara e seu marido, Troy, também tem dois filhos, Kirby (nascido em 2001) e Toby (nascido em 2003).

Em 30 de outubro de 2007, o primeiro single do próximo álbum Tell Me What You Know, intitulado "Quando os santos", foi caracterizado como um download gratuito da Apple iTunes Store . INO Records lançou o álbum Tell Me What You Know em 6 de novembro , 2007. Tell Me What You Know realizado o # 1 spot de vendas para a música cristã no iTunes por uma semana e desembarcou em # 2 para iTunes o álbum do ano.

Sara produziu para seu pai, Dwight Colbaugh, o primeiro álbum intitulado bela história. Groves encerrou 2007 no lineup com Andrew Peterson em sua Eis o Cordeiro de Deus de turismo em novembro e dezembro de 2007.


Em 2008, Groves excursionou por todo o ano para promover seu novo álbum Tell Me What You Know e beneficiar vários ministérios cristãos.

Sara Groves e Troy uniram-se com Charlie Peacock , Derek Webb , Sandra McCracken e Heath Brandon em setembro e outubro de 2008 para a Arte * Música * Justiça de turismo para beneficiar tanto a International Justice Mission e alimento para o faminto.



Sara lançou seu álbum de Natal em primeiro lugar, O Holy Night, em outubro de 2008. O álbum contém ambos os padrões de Natal e material recém-escrito. Groves foi no linup em dezembro de 2008 do Love Came Down Tour: um concurso de Natal com Jars of Clay , Sixpence None The Richer e Leeland . Ela encerrou 2008 com um concerto gratuito no Centro Médico Estados Unidos para presos federais em Springfield, Missouri.

O USMCFP é a mesma prisão que os avós de Sara, Lloyd e Nita Colbaugh, visitou durante 39 anos e que a tomou como um bebê no Natal em 1972. Sara disse mais tarde sobre este concerto, "Mais do que qualquer coisa que eu queria dizer algo de encorajamento, algo para lembrar esses homens que eles são a arte de Deus, especialmente neste lugar. Como sempre, deixei-me encorajada."


Groves lançou o álbum, Fireflies & Songs, em 17 de novembro de 2009. Na faixa "Do This Place One", Groves canta sobre suas batalhas com ataques de ansiedade no palco. Os álbuns, Fireflies e canções, foi nomeado Álbum do Ano pela revista Christianity Today como o "fugitivo" escolha # 1 por um painel de dez críticos de música escolhendo Cristianismo Top de hoje 12 álbuns de 2009.


Groves encerrou 2009 com seu primeiro solo de Natalem  turnê tocando músicas de seu 2008 álbum O Holy Night.

Groves lançou o álbum, "Empires Invisíveis", em 18 de outubro de 2011.

Miracle”. (albúm ” Invisible Empires”).


FONTE

Sara Lorenz


A cantora cristã Sara Lorenz nasceu em 1983, em Berlim, Alemanha. Desde criança mostrou seu talento vocal.


Em 2000 ela lançou um álbum de música gospel chamado "So glad"(Tão contente), que vendeu 10.000 cópias, desde então ela vem compondo diversas músicas que expressão a sua fé em Cristo.


Uma de suas experiências também foi na Lawrence College International Leadership em Sydney (Austrália), onde ela se especializou na área da música.


De volta à Alemanha, Sara se mudou para Berlim para apoiar uma igreja recém-formada, onde ela formou um grupo de louvor, lançando o EP "Indescritível" no estilo de Berlim rock alemão.


Sarah Lawrence agora vive na região do Ruhr desde 2008 e além de seu trabalho como cantora e compositora, ela está estudando teologia por ensino à distância no Instituto de plantação de igrejas e missões mundiais em Zurique.


Em 2010 em Stuttgart, os principais nomes da música evangélica Alemã se reuniram para a gravação ao vivo de um momento de louvor e adoração ao Senhor Jesus Cristo. O DVD, comercializado pela gravadora SCM, foi gravado, contando com a participação de Sara Lorenz, Pamela Natterer, Lars Peter e John Falk.


fonte

http://www.clipgospelmusic.com/2011_06_01_archive.html

sábado, 16 de junho de 2012

Carrie Underwood


Carrie Marie Underwood (Muskogee, Oklahoma, 10 de Março de 1983) é uma cantora americana, vencedora da quarta temporada do programa American Idol, em 2005. Desde então, tornou-se uma multi-platinada cantora, um membro do Grand Ole Opry, emplacou 13 singles em #1 na Billboard (sendo 11 na Hot Country Songs e 1 na Hot 100 Songs); e acumula vários prêmios, dentre eles: 5 Grammy Awards, 16 Billboard Music Awards, 11 Academy of Country Music (ACM) Awards, 6 People's Choice Awards e 6 American Music Awards. Ela é a primeira e única mulher na História da Country Music a ganhar duas vezes o prêmio de Entertainer of the Year no ACM Awards (2009/ 2010).



Seu álbum de estreia, Some Hearts, vendeu 8 milhões cópias no mundo, sendo 7x certificado com Platina nos Estados Unidos e o mais rápido e mais vendido álbum de estreia da história da Música Country e da Nielsen SoundScan.

O álbum inclui um single em #1 na Billboard Hot 100 Songs, 3 singles que alcançaram o 1º lugar na Hot Country Songs da Billboard e um single em #2 na mesma parada, sendo um deles Top 10 na Hot 100 Songs.

Em dezembro de 2009, Some Hearts foi eleito pela Billboard o Melhor Álbum Country da Década e, também, o Álbum Country Mais Vendido da Década.

Carnival Ride, seu segundo álbum, lançado a 23 de Outubro de 2007, já vendeu mais de 3,1 milhões de cópias, só nos Estados Unidos, e 4 milhões no mundo.

O álbum teve 4 singles consecutivos em 1º lugar na Hot Country Songs da Billboard, além de um single que foi #2 na mesma parada e Top 10 na Billboard Hot 100 Songs.

Seu terceiro álbum de estúdio, Play On, lançado em novembro de 2009, já vendeu cerca de 2,5 milhões de cópias no mundo e emplacou, também, três singles em 1º lugar na Hot Country Songs e um single em #2 na mesma parada, com um deles chegando a #11 na Hot 100 Songs.

Carrie já vendeu mundialmente mais de 22 milhões de singles e 16 milhões de álbuns. Com mais de 12,3 milhões de cópias e mais de 18,5 milhões de faixas de álbuns vendidas nos Estados Unidos e, ainda, com $66 milhões de Dólares arrecadados em turnês, ela é a vencedora do American Idol Mais Bem Sucedida e está na lista de recordidas de vendas de discos nos Estados Unidos, segundo a RIAA.

O novo álbum de Carrie lançado no dia 1º de maio de 2012, se intitula: "Blown Away" (br.: Desintegrada). Carrie revelou que esteve no estúdio para gravar mais três músicas para seu próximo álbum, na semana anterior ao Country Music Awards, que ela apresentou ao lado de Brad Paisley. Com as três novas faixas, o novo projeto de Carrie já possui nove músicas gravadas e ela ainda planeja gravar de quatro a seis músicas a mais antes do produtor Mark Bright assumir o trabalho. A cantora country ainda disse que deverá compor mais algumas músicas esta semana e planeja compor novas faixas até o último momento possível.

O primeiro Single do 4º álbum já foi escolhido pela própria Carrie, e se chama "Good Girl" (br.: Boa Garota), conforme ela mesma informou no youtube e no facebook.



Nascida no Muskogee Regional Medical Center (em Muskogee - Oklahoma/EUA), cresceu na fazenda de seus pais, em Checotah - Oklahoma/EUA. É a terceira filha e a mais nova, de Stephen e Carole Underwood. Tem duas irmãs mais velhas, Shanna, nascida em 1970 e Stephanie, em 1973. Cantou no show de talentos do Robbins Memorial, na sua infância.

Ela é um membro da igreja Free Will Baptist. Ainda pequena, cantava na igreja e no Lion's Club. Em seus 13 anos, em 1996, seu agente tentou um contrato para gravar um álbum na Capitol Records. No entanto, algumas coisas mudaram dentro da gravadora e o disco nunca foi realizado.

Depois de fazer o colegial, em 2001, ela foi para a universidade de Northeastern em Tahlequah, onde se formou em comunicação e jornalismo. Durante dois anos, no verão, fazia performances no show de Northeastern's Downtown Country. Ela também competiu com várias garotas na universidade e foi escolhida como Miss NSU runner-up em 2004.

No verão de 2004, foi a uma audição do mundialmente famoso programa americano de novos talentos, o American Idol, em St. Louis; passou e entrou na competição. Em 22 de março de 2005, cantou uma grande música, um hit dos anos 80, "Alone", de Heart e o jurado Simon Cowell previu que ela não apenas ganharia o programa, como passaria todos os vencedores do programa. Foi a segunda vencedora que nunca ficou entre os três menos votados.

No dia 25 de maio de 2005, foi coroada a vencedora da quarta temporada do programa, ganhando de Bo Bice.

Na sexta temporada, foi para cantar o último single de seu CD Some Hearts, "Wasted". Essa foi a quarta vez que aparecia no programa depois de sua vitória. Também performou no evento Idol Gives Back, cantando "I'll Stand By You", no mesmo evento, Kelly Clarkson e Rascal Flatts fizeram performances. Underwood cantou a mesma música na final, dia 23 de maio de 2007.

Na final da sétima temporada do programa, em 2008, cantou seu hit "Last Name".



No evento Idol Gives Back de 2010, Carrie cantou sua poderosa balada "Change", sendo aplaudida de pé pela platéia.

No American Idol de 2010, Carrie também performou na final, cantando "Undo It".

No Final do American Idol 2011, fez um dueto do seu hit "Before He Cheats" com a finalista Lauren Alaina. Após tal performance, "Carrie Underwood" foi o 4º assunto mais comentado (Trending Topics, TTs) no mundo no twitter, atrás apenas de 3 hashtags. No Brasil, Carrie chegou à 2ª posição nos Trending Topics (TTs).



No dia 11 de fevereiro de 2007, na cerimônia do 49º Grammy Awards, Underwood ganhou os 2 Grammys a que estava indicada: Melhor Artista Revelação (Best New Artist) e Melhor Performance Vocal Feminina de Country (por "Jesus, Take The Wheel").




Durante o evento, ela cantou a música "Desperado", em homenagem a Don Henley da banda The Eagles, e "New San Antonio Rose" com a banda Rascal Flatts. Ao ganhar o Grammy de "Melhor Artista Revelação", Carrie tornou-se a primeira vencedora do American Idol a ser indicada e a ganhar tal categoria e a primeira artista Country a ganhar o prêmio em 10 anos; a última e primeira a ganhar havia sido LeAnn Rimes, em 1997.

No 50º Grammy Awards, realizado dia 10 de fevereiro de 2008, Carrie ganhou novamente o Grammy de Melhor Performance Vocal Feminina de Country, pelo seu hit "Before He Cheats". Na cerimônia, ela cantou tal música com um final com notas vocais maiores. Underwood também havia sido indicada na categoria "Melhor Colaboração Country com Vocais", pelo dueto com Brad Paisley em "Oh, Love".


Em 8 de fevereiro de 2009, no 51º Grammy Awards, ganhou pela 3ª vez consecutiva o Grammy na categoria Melhor Performance Feminina de Country, pela música "Last Name". Isso faz de Carrie a 2ª mulher com mais Grammys nessa categoria e a 2ª mulher que mais ganhou consecutivamente; ambos os records são de Mary Chapin Carpenter, com 4. No evento, Carrie cantou "Last Name" em parceria com a guitarrista e cantora Orianthi.

No 52º Grammy Awards, realizado dia 31 de janeiro de 2010, Underwood ganhou seu 5º Grammy: Ela ganhou na categoria Melhor Colaboração Country com Vocais, pelo dueto com Randy Travis em "I Told You So". Carrie também havia sido indicada na categoria "Melhor Performance Vocal Feminina de Country", por "Just A Dream".

No evento, Underwood juntou-se à Celine Dion, Usher, Jennifer Hudson e Smokey Robinson na homenagem em 3D a Michael Jackson, cantando a música "Earth Song". O produtor do Grammy, Ken Ehrlich, disse que Michael Jackson "admirava demais Carrie Underwood", levando-o a convidá-la para tal homenagem.

No dia 18 de Abril de 2010, aconteceu o 45º Academy Of Country Music Awards, a maior e mais importante premiação da música Country.

Carrie estava indicada em 6 categorias, dentre elas, a mais importante da noite e do Country, o Entertainer Of The Year. Performou o single "Temporary Home", sendo aplaudida de pé, e ganhou um prêmio especial, o Triple Crown Award.



Além disso, levou o mais importante prêmio da noite, o Entertainer Of The Year, pela segunda vez consecutiva. Isso faz dela a primeira e única cantora na história do ACM e da música Country a levar o Entertainer Of The Year duas vezes.

Em 2009, também levou o Entertainer Of The Year, tornando-se A Primeira Mulher a Levar o Troféu em 10 Anos. A última a receber esse prêmio havia sido Shania Twain, em 1999. Underwood é ganhadora de 11 ACM Awards, em apenas 5 anos.

Tendo 11 Hits em 1º lugar na Billboard Hot Country Songs, Carrie Underwood está empatada com Reba McEntire como a Artista Country Feminina com Mais Hits em 1º Lugar em tal parada, entre 1990 e agora. Carrie é também a única Artista Country a ter um Hit em 1º lugar na Billboard Hot 100 Songs (todos os gêneros) na década de 2000 e a única artista na história a ter todos os seus singles no top 2 da Billboard Hot Country Songs. Some Hearts, álbum de estreia de Underwood, foi eleito o Melhor Álbum Country da Década pela Billboard. Carrie é a única mulher a aparecer no Top 10 da lista dos Melhores Artistas Country da Década de 2000, ao ficar em #10 na lista feita pela Billboard.

A música "Some Hearts" de seu primeiro CD, "Some Hearts", foi incluída na trilha sonora do filme Aquamarine, de 2006.



Em 2007, Carrie gravou a música-tema do filme dos estúdios de Walt Disney "Encantada", chamada "Ever Ever After".



Em 2010, Underwood co-escreveu e gravou a música-tema para o 3º filme da série "As Crônicas de Nárnia", "A Viagem do Peregrino da Alvorada". A música se chama "There's A Place For Us" e foi lançada dia 16 de novembro de 2010.



No Globo de Ouro 2011, Carrie e os dois outros compositores de "There's A Place For Us" foram indicados na categoria "Melhor Canção Original" pela música.

Desde que estourou no mundo da música, Underwood vinha recebendo propostas para atuar em filmes lançados no cinema. Mas foi o roteiro com a história da surfista americana Bethany Hamilton que chamou a atenção de Carrie: Soul Surfer é o filme de estreia de Carrie Underwood. Baseado no livro escrito pela surfista Bethany Hamilton, o filme conta a história de superação e perseverança de Bathany, uma surfista promissora que, durante um treino matinal, foi atacada por um tubarão e perdeu o braço esquerdo, porém superou todos os obstáculos e tornou-se uma das maiores surfistas da atualidade. Underwood viverá Sarah Hill, uma das melhores amigas de Bethany.

No elenco do filme: AnnaSophia Robb (como Bethany), a ganhadora do Oscar Helen Hunt (como mãe de Bethany), Dennis Quaid (como pai), Jeremy Sumpter, Kevin Sorbo e Lorraine Nicholson. O filme estreou dia 8 de abril de 2011 e teve sua pré-estreia uma semana antes, dia 31 de março.

Já na televisão, Underwood estreou em março de 2010, fazendo uma participação especial na 5ª temporada da série de TV americana How I Met Your Mother. Carrie viveu a representante comercial farmacêutica "Tiffany" no episódio "Hooked", que teve a 2ª maior audiência da temporada.

Em fevereiro de 2010, Underwood havia dublado "Carrie Underworm", uma personagem baseada nela mesma, em um episódio especial da clássica série de TV Vila Sésamo.

Em agosto de 2007, começou a namorar Chace Crawford, o astro da série de TV Gossip Girl. A revista People várias vezes publicou fotos dos dois andando pelas ruas. Porém, o namoro chegou ao fim no inverno de 2008.

Durante um de seus shows no final de 2008, conheceu o jogador canadense de hockey, Mike Fisher, com quem começou a namorar. Em dezembro de 2009, Carrie ficou noiva de Mike.

No dia 10 de julho de 2010, Carrie e Mike se casaram no hotel Ritz Carlton Resort, na Georgia, Estados Unidos. O casamento foi em estilo "Country" e avaliado em $500 mil doláres. Mais de 250 pessoas estiveram presente, entre elas vários artistas, como Nicole Kidman, Keith Urban, Faith Hill, Tim McGraw e os jurados do American Idol Simon Cowell, Paula Abdul e Randy Jackson. As fotos oficiais do casamento ficaram por conta da revista People, que pagou $2 milhões de doláres para fazer as fotos. O casal doou o cachê à caridade. No dia seguinte ao casamento, a "Sra. e o Sr. Fisher" foram passar a Lua de Mel em Bora Bora e no Taiti, durante 10 dias.


fonte

http://pt.wikipedia.org/wiki/Carrie_Underwood

domingo, 3 de junho de 2012

Beno Cesar


O cantor Beno Cesar gravou uma participação no programa “Galeria Clip – Sexta Fora”, da TV Boas Novas, na última quarta-feira, 30/05. O programa é apresentado por Lincoln Lyra. Na entrevista, o cantor falou sobre seu novo lançamento, o CD “Um mundo melhor”, pela gravadora MK Music.

Beno contou detalhes sobre seu início de carreira, trabalhos anteriores e sua outra veia de atuação na música, como compositor e produtor. O programa irá ao ar no dia 15/06 às 17h30, de acordo com informações da MK Music.

Workshop Music Gospel: Beno Cesar: Ebenezer César de Souza mais conhecido como Beno César Nasceu na cidade do Rio de Janeiro. É um cantor brasileiro de música Gospel, e sua gravadora é a MK Music, que é associada a ABPD. Em sua discografia na gravadora são dois álbuns: Tempo de Justiça e Coletânea Amo Você 14.


A trajetória de Beno como compositor é longa em parceria com a irmã Solange de Cesar, tornou-se um dos maiores compositores do gospel nacional, contando com quase mil músicas de autoria da dupla sendo tocadas pelo Brasil afora.


Entre suas canções de maiores sucessos estão Conquistando o impossivel interpretada pela a cantora Jamily, Sonhos de Deus do cantor J. Neto entre outras que até foram tocadas em novelas da Rede Record, além das canções infantis que fizeram sucesso na voz da própria Jamily e Cristina Mel. em 2009 Beno foi convidado para compor o tema do filme Flordelis - Basta uma palavra para mudar. o seu mais novo cd se chama Um mundo melhor.

  • Algumas composições
Adilson Silva (Carta pra Deus, Ao que me Servir, O que Deus uniu), Entre outras
Aline Barros (Por toda minha vida, Lirio dos vales, A dança do quaquito)
Cristina Mel (Depende de você, Se o espiríto santo te tocar, Tempo de ser feliz (Dá tempo de ser feliz), Eu profetizo, Sopão de letrinhas), Entre outras
Fernanda Lara (Águas que curam)
Gerson Cardozo (Ninguém te amou assim, Eterno amor, Meu consolo, Faz a diferença, Herdeiro da Promessa, Nasci pra te adorar, Tu me amas assim, Refrigério, Pro teu caso tem jeito,Sou teu Deus), Entre outras.
Giovani Santos (O cantico de Moisés, Vai nessa tua força)
Gisele Nascimento (Carinha de anjo, A tua presença, Vencer ou vencer, Me falaram de ti), Entre outras
Ísis Regina (Canção de um servo, Unção do altar, Aguas cristalinas, Nos montes da adoração, O nascido de Deus, Paixão de Cristo, O altar é para isso, Sonho de Amor) Entre outras.
Jamily (Conquistando o impossivel, A Fé faz o herói, Não há outro alem de ti, Tempo de vencer, Deus é maior, Usei a Fé), Entre outras.
J. Neto (Sonhos de Deus, Deus sabe de você, Deus se importa, Ultimo romântico, Além das aparências, Quando eu cheguei aqui, Ele vem, Se ligue)
Leonor (Um simples servo, Espirito de vida, Autor da minha vida, Quando o sonho acontece, Me ensina te adorar), Entre outras.
Leonor e Marcelo Crivella (Mulher Samaritana)
Mara Maravilha (Deus de maravilhas, Jóia rara, Corpo e alma, Sai da tua tenda, Menina dos teus olhos, Retrovisor, Campeões da fé)
Marcelo Brayner (Vem agora Espirito Santo, Abraça-me Senhor, Sou de Deus, Um Novo Coração), Entre outras
Marcelo Crivella (Um do outro)
Marcio José e Liriel (Creio em ti)
Rogerio Luiz (Nem pena, nem papel)
Sula Miranda (Deus vai mudar a tua historia, Eu preferi morrer), Entre outras.
Tino (Quando o vento soprar), Entre outras.


  • Temas de Novela
Ano      Musica                                   Novela
2000     Eterno Amor                          Marcas da Paixão
2004     Ultimo Rômantico                 Escrava Isaura
2006     Ninguém Te Amou Assim     Prova de Amor
  • Musicas Premiadas

Beno César também teve composições premiadas como musica do ano no Troféu Talento de 1999 com a musica Tu Me Amas Assim – Gerson Cardozo, em 2003 com Tempo de Vencer – Jamily, e em 2004, Quando O Vento Soprar – Tino.






FONTE

http://pt.wikipedia.org/wiki/Beno_C%C3%A9sar