terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Aline Barros no Show da Virada da Rede Globo


A pastora e cantora Aline Barros foi a única representante da música gospel no especial de fim de ano da Rede Globo

Pela primeira vez, o programa recebeu um cantor evangélico

O programa de virada de ano da Rede Globo contou com a participação de um expressivo nome da música gospel nacional. A cantora Aline Barros marcou presença no Show da Virada da Rede Globo.

O programa, que foi gravado nos dias 23 e 24 de novembro no Credicard Hall, em São Paulo, foi transmitido à noite e se prolongou madrugada adentro, apenas com uma pequena pausa para a queima de fogos à meia-noite.

Aline foi a única representante do meio gospel a participar do evento, que reuniu vários artistas da música secular. Esta foi a primeira vez que o especial de fim de ano da Globo recebeu um cantor evangélico.


O ano de 2010 marcou, aliás, uma abertura da emissora para o meio musical gospel. Nos últimos meses, o programa Domingão do Faustão recebeu Fernanda Brum, Diante do Trono, Ludmila Ferber e a própria Aline. Nesses dias, a audiência da emissora atingiu grandes picos no ibope.

Foi 41 atrações musicais que misturou os mais diversos ritmos. Na lista de artistas que se apresentaram estão nomes como Ivete Sangalo, Fresno, Aline Barros, Vinny, Cesar Menotti & Fabiano, João Bosco & Vinicius, Zeca Pagodinho, Capital Inicial, Hugo Pena & Gabriel, Victor & Leo, Belo, Jammil, Parangolé, NX Zero, Wanessa, Diogo Nogueira, Paula Fernandes, Michel Teló, Revelação, Asa de Águia, Charlie Brown Jr, Fernando & Sorocaba, Jeito Moleque e Demônios da Garoa, Cheiro de Amor, Calypso, Jota Quest, Guilherme & Santiago, Arlindo Cruz, Zezé Di Camargo & Luciano, Claudia Leitte, Chiclete com Banana, Pixote, Leonardo, Skank, Alexandre Pires, Alcione, Restart, Bruno e Marrone e Luan Santana.


Em 2009 Aline Barros foi à vencedora do Brazilian International Press Award, prêmio internacional de jornalismo nos Estados Unidos, como melhor show gospel brasileiro na categoria Arte, Cultura e Comunidade. O Brazilian International Press Award foi criado em 1997 pelo jornalista e produtor cultural brasileiro Carlos Borges.

O objetivo do prêmio é homenagear as personalidades, instituições e iniciativas comprometidas com a promoção cultural e imagem positiva do Brasil internacionalmente. O evento abrange atividades artísticas, culturais, filantrópicas, sociais, promoção do idioma e esportes. Centenas de personalidades, entidades e iniciativas têm recebido reconhecimento através do Press Award.

FONTE

Um comentário:

Maria disse...

AMO ESSA MULHER DE DEUS ALINE ATRAVEZ DOS SEUS LOUVORES CADEIAS FORAM QUEBRADAS NA MINHA VIDA QUE DEUS CONTINUE TE UZANDO GRANDE MENTE AMO MUITO VC QUE QUE O SENHOR CONTINUE TE DANDO SABEDORIA BEIJOOO